quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Acima do sol

Assim ela já vai Achar o cara que lhe queira
Como você não quis fazer Sim, eu sei que ela só vai
Achar alguém pra vida inteira Como você não quis...
Tão fácil perceber


Que a sorte escolheu você E você cego, nem nota
Quando tudo ainda é nada Quando o dia é madrugada
Você gastou sua cota...
Eu não posso te ajudar Esse caminho não há outro

Que por você faça Eu queria insistir
Mas o caminho só existe Quando você passa...

Quando muito ainda é pouco Você quer infantil e louco

Um sol acima do sol Mas quando sempre
É sempre nunca Quando ao lado ainda
É muito mais longe Que qualquer lugar...
Um dia ela já vai Achar o cara que lhe queira

Como você não quis fazer Sim, eu sei que ela só vai
Achar alguém prá vida inteira
Como você não quis...

Se a sorte lhe sorriu Porque não sorrir de volta

Você nunca olha a sua volta Não quero estar sendo mau
Moralista ou banal Aqui está o que me afligia...

Nenhum comentário:

Postar um comentário